Sherlock Holmes e o autismo: um estudo de caso

Suelen Kriek
Data de publicação: 29/07/2020
Orientador por: ELIZ MARINE WIGGERS
Psicologia - Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

RESUMO
Esta pesquisa aborda a ligação entre o Transtorno do Espectro Autista (TEA) e o personagem Sherlock Holmes. O objetivo geral é compreender se o detetive apresenta os sintomas característicos do transtorno. Os objetivos específicos são pesquisar os sintomas e características do TEA, bem como analisar o comportamento de Sherlock Holmes nos episódios da série intitulada “Sherlock”, produzida pela emissora BBC. Esta pesquisa se caracteriza do ponto de vista metodológico como qualitativa quanto à abordagem, descritiva quanto aos objetivos do estudo e estudo de caso quanto aos procedimentos técnicos. Os dados foram coletados a partir da série televisiva, e tratados através da análise de conteúdo. Os resultados da pesquisa indicam que, ao analisar o comportamento apresentado por Sherlock Holmes nos episódios da série televisiva, foi possível verificar que o comportamento atende à maioria dos critérios necessários para confirmar o diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista, excetuando-se apenas o prejuízo na comunicação não verbal e a confirmação da incidência dos sintomas na infância. Considerando a gama dos sintomas apresentados e o prejuízo causado por estes nos âmbitos social e profissional de Sherlock, é possível admitir como uma hipótese diagnóstica que o detetive apresenta o Transtorno do Espectro Autista.

ABSTRACT
This research addresses the link between the Autistic Spectrum Disorder (ASD) and the character Sherlock Holmes. The general objective is to understand whether the detective has the characteristic symptoms of the disorder. The specific objectives are to research the symptoms and characteristics of ASD, as well as to analyze the behavior of Sherlock Holmes in the episodes of the series entitled Sherlock, produced by the BBC broadcaster. This research is characterized from the methodological point of view as qualitative in approach, descriptive in terms of the objectives of the study and as a case study in terms of technical procedures. Data were collected from the television series, and treated through content analysis. The results of the research indicate that, when analyzing the behavior presented by Sherlock Holmes in the episodes of the television series, it was possible to verify that the behavior meets most of the criteria necessary to confirm the diagnosis of the Autistic Spectrum Disorder, except only for the impairment in non-verbal communication and the confirmation of the incidence of symptoms in childhood. Considering the range of symptoms presented and the damage caused by them in the social and professional spheres of Sherlock, it is possible to admit as a diagnostic hypothesis that the detective has characteristics of the Autism Spectrum Disorder.

Palavras-chave: Transtorno de Espectro Autista, Psicologia, Sherlock Holmes

Registro de patente: Não

Publicação parcial: Total

Detalhe de publicação parcial:

Número de páginas: 22

Número de visualizações/download: 38 / 32

Clique aqui para fazer o download do arquivo completo.