ANÁLISE DA GERAÇÃO DE CARGA DE EFLUENTE EM UM ESTABELECIMENTO COMERCIAL POR SETOR

Leivinha Pazolini
Data de publicação: 16/12/2019
Orientador por: MOACIR DE OLIVEIRA JUNIOR
Engenharia Civil - Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

RESUMO
Os despejos oriundos dos processos indústrias e sanitários, necessitam ser lançados no sistema coletor de esgoto ou nos corpos receptores. Em ambos os casos, estes efluentes deverão ser tratados, observando-se os limites impostos pela legislação, seja no âmbito federal, estadual ou municipal. Diferente do efluente de sanitários, os efluentes industriais apresentam grande variabilidade nas suas características físicas, químicas e biológicas, desta forma, este trabalho apresenta o estudo realizado em um reator de lodo ativado em batelada de tratamento de esgoto sanitário, tendo como objetivo avaliar seu desempenho quanto à sua eficiência na remoção de poluentes. Os parâmetros de poluição analisados foram as concentrações de Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO5), Demanda Química de Oxigênio (DQO), temperatura, pH, SST dos efluentes bruto para calcular o volume do reator biológico. Finalizada a verificação da eficiência do sistema, fez-se uma comparação entre os resultados obtidos em ensaios de laboratório com os parâmetros legais de descarte de efluentes pela resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA). Feita as análises estatísticas dos parâmetros de poluição, concluiu-se que o Reator em Batelada Sequencial (SBR) gera um esgoto tratado que atende às legislações brasileiras para descarte de efluentes e que sua eficiência se encontra dentro dos valores esperados, entretanto, quando o reator recebe uma carga elevada, ele não permanece com o resultado esperado. A eficiência média na remoção da concentração de Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO5) foi de 94,61 %, enquanto a Demanda Química de Oxigênio (DQO) foi de 86,92 %. Nenhum dos resultados de amostras desobedeceram ao limite máximo, imposto pelo CONAMA, de 120 mg/L de concentração de Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO5)).

ABSTRACT
This work presents a study carried out in a sequential batch activated sludge reactor in the treatment of sanitary sewage, aiming to evaluate its performance in relation to its efficiency in the removal of pollutants.The pollution parameters analyzed were the concentrations of biochemical oxygen demand (BOD5), Chemical oxygen demand (COD), temperature, pH, SST of the raw effluent and the treated. After verifying the efficiency of the system, a comparison was made between the results obtained in laboratory tests with the legal parameters of wastewater disposal by the resolution of the National Environmental Council (CONAMA). The statistical analysis of the pollution parameters was concluded that the reactor in sequential batch (SBR) generates a treated sewage that meets the Brazilian legislation to dispose of effluent and that its efficiency is within the expected values, However, when the reactor receives a high load, it does not remain with the expected result. The average efficiency in the removal of the concentration of biochemical oxygen demand (BOD5) was 94.61%, while the chemical oxygen demand (COD) was 86.92%. None of the results of samples disobeyed the maximum limit, imposed by CONAMA, of 120 mg/L concentration of biochemical oxygen demand (BOD5)).

Palavras-chave: Reator em Batelada Sequencial; Demanda Bioquímica de Oxigênio; Demanda Química de Oxigênio.

Número de páginas: 92

Número de visualizações/download: 70 / 143

Clique aqui para fazer o download do arquivo completo.