COMPARAÇÃO ENTRE CPT E SPT NA DETERMINAÇÃO DA CAPACIDADE DE CARGA DE UMA ESTACA DO TIPO HÉLICE CONTÍNUA

CLEBERSON GEOVANI PAES
Data de publicação: 26/08/2019
Orientador por: VICTOR EDUARDO CURY SILVA
Engenharia Civil - Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

RESUMO
Para a realização de projetos no âmbito de engenharia de fundações, há a necessidade de se determinar a capacidade de carga do solo. Para tanto, é preciso conhecer as características e os parâmetros geotécnicos dos solos solicitados através de investigações geotécnicas de campo, dentre as quais cita-se a sondagem Standard Penetration Test (SPT) e Cone Penetration Test (CPT), que alimentam diferentes métodos de dimensionamento. Neste contexto, o presente estudo objetivou comparar a utilização de dados de SPT e CPT na determinação da capacidade de carga de um elemento de fundação do tipo hélice contínua, empregando diferentes métodos de cálculo, para então verificar qual deles mais se aproxima do valor medido em campo (valor de referência). Os métodos de cálculo empregados para tal foram: Aoki & Velloso (1975), Decourt & Quaresma (1978), Antunes & Cabral, Teixeira (1996), Philipponnat (1986), Bustamante & Gianeselli (1982) e Pedro Paulo da Costa Velloso (1981). O valor medido em campo foi obtido a partir de um ensaio de prova de carga dinâmica (PDA). Ao confrontar as capacidades de carga calculadas com aquela determinada no ensaio PDA, observou-se que todas elas, independentemente do tipo de sondagem, apresentaram valores inferiores ao do PDA, sendo as que mais se aproximaram desse valor, aquelas calculadas a partir dos métodos que empregam dados do CPT. Dentre esses métodos destaca-se o de Pedro Paulo da Costa Velloso (1981), o qual apresentou a menor variação, sendo essa de 19%, em relação ao valor medido no campo.

ABSTRACT
In order to carry out projects in the field of foundations engineering, there is a need to determine the load capacity of the soil. In order to do so, it is necessary to know the characteristics and the geotechnical parameters of the soils requested through field geotechnical investigations, such as the Standard Penetration Test (SPT) and Cone Penetration Test (CPT), which feed different design methods. In this context, the present study aimed to compare the use of SPT and CPT data in determining the loading capacity of a continuous propeller type foundation element, using different calculation methods, in order to verify which, one is closest to the value measured in field (reference value). The methods of calculation used were: Aoki & Velloso (1975), Decourt & Quaresma (1978), Antunes & Cabral, Teixeira (1996), Philipponnat (1986), Bustamante & Gianeselli (1982) and Pedro Paulo da Costa Velloso 1981). The value measured in the field was obtained from a dynamic load test (PDA). When comparing the calculated load capacities with that determined in the PDA test, all of them, regardless of the type of probing, presented values lower than the PDA, being those that approached this value, those calculated from the methods that use CPT data. Among these methods, the one of Pedro Paulo da Costa Velloso (1981) stands out, which presented the smallest variation, being 19%, in relation to the value measured in the field.

Palavras-chave: SPT. CPT. Capacidade de carga. Hélice continua.

Número de páginas: 78

Número de visualizações/download: 40 / 21

Clique aqui para fazer o download do arquivo completo.